Figura central na novela da SIC “Rosa Fogo” Ângelo Rodrigues, o mais jovem protagonista de sempre de uma produção nacional, dá agora a conhecer ao público uma nova faceta, fruto de uma paixão que nasceu na adolescência e tem vindo a ser maturada ao longo dos anos.

É sob o nome Angel-O (pronuncia-se em inglês Angel-Ou) que nos dá a conhecer a sua veia como músico e compositor.

“É um tributo não declarado ao amor. Há quem exorcize pensamentos para chegar a uma espécie de limbo emocional. Angel-O é isso mesmo. É uma catarse. É a parte de mim que os media e as pessoas desconhecem. É íntimo, físico, sexual e provocador.” Afirma sobre este seu primeiro trabalho.

Para a gravação do seu disco de estreia, Angel-O reúne produtores portugueses e americanos, que incluem no seu curriculum nomes como Justin Bieber, Chris Brown ou Drake.

Angel-O escreve, compõe e assina a produção executiva de todo o álbum.

A Masterização teve lugar nos estúdios Sterling Sound, em Nova Iorque com Tom Coyne, que assinou a masterização de álbuns de Adele, Amy Winehouse, Beyoncé, Britney Spears e Jennifer Lopez, entre muitos outros.